Sobre angústias.

Existem dias na vida de qualquer artista, grandioso ou desacreditado, em que a inspiração não consegue finalizar. Nenhum pensamento se converte em arte. Pura e simples arte. Nada é digno o bastante, as idéias tendem a não conclusão e o objeto de tanto trabalho é apenas uma metade.

Existem dias, na vida de qualquer poeta… Dias assim. Todo o corpo textual criado é desfavorecido por uma autocrítica que inspira comiseração. Nenhum escrito é merecedor de análise extra-criador.

Todo poeta passa por isso, todo artista passa por esse momento. Todo artista é poeta, todo poeta é artista. E o circo não tem mais aquela beleza. A vida não tem mais aquela beleza. As palavras não são mais tão belas. Não o quanto quisera que fosse, pois por serem palavras são já em sua natureza belas… (Aspas à vida).

E há um medo. Medo incomum de que algum passante-viajante-itinerante leia os esboços mal escritos.  Esboços de uma obra que nunca findará. E nunca finda. Estão espalhados pelos cantos da sala. Pelos cantos do quarto. Entre as folhas de um caderno colorido.

Há um medo.

Não que o poeta se menospreze ou menospreze aquilo que um dia escreveu… Há afinal uma modelação das palavras a transformando em um fino invólucro dos pensamentos, ou qualquer coisa similar que Virgínia Woolf disse um dia. Algo como…

“Os pensamentos são divinos”.

Os pensamentos são divinos?

A vida é, realmente, entre aspas…

Interessante é que tudo parece fluir quando as coisas estão bem. Ou quando estão ruins, também.

E existem dias assim…

Um quase.

Outro dia entre conversas ao mar reconheci que quando é morna a vida há um quase que incomoda, entristece e mata trazendo tudo o que poderia ter sido e não foi.

Foi aí que descobri o mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s